quinta-feira, 28 de julho de 2016

- E A GUERRA, COMO VAI?


O Senhor quer que você relembre, das batalhas que têm acontecido na sua vida, e também as batalhas que acontecem na vida da igreja, dos inimigos que se levantam com fúria para tentar derrubar a sua vida, a obra de Deus. Muitas vezes nos esquecemos que o nosso Homem de Guerra é o nosso Deus Jeová e é neste tema vamos entender um pouco da vida do povo de Israel quando foi afrontado pelos Filisteus. Um povo forte que se tornara soberbo por conta de um guerreiro, um gigante, filho dos anequins, com cerca de 3 metros de altura, usando armadura, capacete, escudo, espada e lança (alguém aí quer brincar com esse sujeito?). E do outro lado Israel; o povo de Deus, um bando de medrosos, que fica esperando que alguém os defenda daquele guerreiro imenso. Fico pensando naquele programa do CHAPOLIN COLORADO quando a mocinha pergunta:

–“E agora, quem poderá me defender?”

– “ Eu Chapolin Colorado. Não contavam com a minha astúcia!”

Foi mais ou menos assim que Davi apareceu nesse cenário.

Davi era o filho mais novo de Gessé, e tinha três irmãos, Eliabe, Abinadabe e Sama que acompanhavam o Rei Saul na guerra contra os filisteus e Gessé manda que Davi vá ao arraial de guerra para levar suprimentos a seus irmãos e naquele cenário de guerra Davi os encontra  e naturalmente a primeira pergunta que faz é:

- está tudo bem com vocês?

(I Samuel 17:23-47)
Nas nossas guerras precisamos aprender 4 coisas com Davi:

1. Davi era obediente: (I Samuel 17:15-17)

(I Samuel 17:15) - Davi, porém, ia e voltava de Saul, para apascentar as ovelhas de seu pai em Belém.

(I Samuel 17:16) - Chegava-se, pois, o filisteu pela manhã e à tarde; e apresentou-se por quarenta dias.

(I Samuel 17:17) - E disse Jessé a Davi, seu filho: Toma, peço-te, para teus irmãos um efa deste grão tostado e estes dez pães, e corre a levá-los ao arraial, a teus irmãos.

(I Samuel 17:18) - Porém estes dez queijos de leite leva ao capitão de mil; e visitarás a teus irmãos, a ver se vão bem; e tomarás o seu penhor.


Davi ouvia, e obedecia, sem se importar com o tamanho ou com o destaque do que estava fazendo, ele entendia que era necessário que fosse obediente.

2. Davi estava pronto (à disposição)

(I Samuel 17:36) - Assim feria o teu servo o leão, como o urso; assim será este incircunciso filisteu como um deles; porquanto afrontou os exércitos do Deus vivo.

(I Samuel 17:37) - Disse mais Davi: O SENHOR me livrou das garras do leão, e das do urso; ele me livrará da mão deste filisteu. Então disse Saul a Davi: Vai, e o SENHOR seja contigo.

Davi não estava preocupado com o valor da sua vida, ele a colocava nas mãos de Deus e confiava no Deus que servia e sabia que Ele poderia e o livraria de todo mal.


3. Davi não carregava bagagens desnecessárias

(I Samuel 17:38) - E Saul vestiu a Davi de suas vestes, e pôs-lhe sobre a cabeça um capacete de bronze; e o vestiu de uma couraça.

(I Samuel 17:39) - E Davi cingiu a espada sobre as suas vestes, e começou a andar; porém nunca o havia experimentado; então disse Davi a Saul: Não posso andar com isto, pois nunca o experimentei. E Davi tirou aquilo de sobre si.

(I Samuel 17:40) - E tomou o seu cajado na mão, e escolheu para si cinco pedras do ribeiro, e pô-los no alforje de pastor, que trazia, a saber, no surrão, e lançou mão da sua funda; e foi aproximando-se do filisteu.


Muitas vezes estamos lutando com bagagens que não são nossas, bagagens excessivas, pesos que outras pessoas colocam sobre nós quando na realidade o que precisamos é de um cajado, uma funda e cinco pedrinhas.

4. Davi não teve medo de das circunstâncias

(I Samuel 17:48) - E sucedeu que, levantando-se o filisteu, e indo encontrar-se com Davi, apressou-se Davi, e correu ao combate, a encontrar-se com o filisteu.

–“E agora, quem poderá me defender?”

Era assim que estava o povo de Israel e é assim que muitas vezes nos também ficamos, agimos como se Deus não observasse nossas tempestades, um Deus que diz vão e lutem por que Eu, o Senhor, Sou com vocês.

Agora não tem mais pra onde correr, o gigante estava ali, e Davi podia comprovar que tudo o que diziam dele era a mais pura verdade; o cara era ENOOOOORRRRRME, (TRÊS DE BRUNÃO – um baterista amigo meu que é enorme), imaginem o tamanho da mão desse camarada, o pé; é nisso que a gente pensa; se ele põe aquela mão no meu pescoço eu estou frito! Mas Davi observou foi a cabeça, ele deve ter pensado: QUE CABEÇÃO, é ruim de errar hein! Rodou uma, duas, três e...

Yes!!!!

Uma cabeça dessas eu não erraria. O gigante está vencido, Davi pega a espada do próprio gigante e corta-lhe a cabeça.

(I Samuel 17:54) - E Davi tomou a cabeça do filisteu, e a trouxe a Jerusalém; porém pôs as armas dele na sua tenda.

(I Samuel 17:55) - Vendo, porém, Saul, sair Davi a encontrar-se com o filisteu, disse a Abner, o capitão do exército: De quem é filho este moço, Abner?

Sempre que você estiver numa grande batalha e sair vitorioso alguém vai querer saber quem você é, quem é seu pai, quem é sua família.

Eu sou filho do Deus Vivo, o Deus de Israel, faça parte de um povo escolhido eu sou membro real da família de Deus!!!!

Temos batalhas a serem lutadas hoje, temos gigantes a serem derrubados hoje, inimigos têm se levantado hoje, até mesmo no meio do povo de Deus, lobos em peles de ovelhas, tentando romper as cercas do aprisco, provocar rebeliões, mas hoje o Senhor quer depositar sobre você a mesma unção depositada sobre Davi para que você possa ter autoridade para derrubar o gigante e fazê-lo entender de uma voz por todas que existem duas maneiras da mão de Deus se estender sobre alguém: para guardar e para admoestar.

Você é um escolhido, tem sido benção na vida de tantas pessoas e o próprio Deus tem derrubado os gigantes que têm se levantado contra a sua vida.

Josué 1:9 "Não te mandei eu? Sê forte e corajoso; não temas, nem te espantes, porque o SENHOR, teu Deus, é contigo por onde quer que andares."



Um abraço no seu coração
Fique na Graça e na Paz do Senhor Jesus
Pr William Thompson

Nenhum comentário: