quinta-feira, 13 de novembro de 2014

- ADORAÇÃO PESSOAL

Graça e Paz amados.
Muitas pessoas pensam que o simples fato de estarem na igreja aos domingos e até nos dias de semana as torna adoradoras ou simplesmente estão adorando àquele que é digno de toda honra, toda glória e todo o louvor: DEUS.  Nem sempre. Na realidade a maior parte das pessoas que estão dentro do recinto de culto estão fazendo algo que se parece com adoração, outras nem isso e apenas uma pequena parte está verdadeiramente em adoração. Parece que estou julgando, mas vou explicar: estar no meio de verdadeiros adoradores não faz de mim um adorador, que dirá um verdadeiro adorador. A adoração pode ser coletiva, mas no céu ela é recebida individualmente, entenda:

· Não há como estar numa adoração coletiva se não houver no coração de cada pessoa uma vontade e um sentimento verdadeiro de adorador.

· Quando se fala em adoração imediatamente pensamos nos instrumento, nos músicos, nos cantores e nas maravilhosas canções que elevam o nosso espírito.

· Mas Deus sonda os corações. Aquilo que o homem não pode saber, Ele sabe. (oferta de Abel e Caim). O verdadeiro adorador vive pela graça, o adorador de falsos deuses vive pela misericórdia!

· Nós atraímos aquilo que adoramos!

· O homem deseja, mas não é capaz de suportar a adoração quando ela é de Deus e sempre que tenta os demônios se apossam dele para receberem adoração. O diabo sempre quer receber adoração!

· Deus tem fome, Deus se alimenta? Sim, Ele tem fome de adoração por isso ele procura os verdadeiros adoradores.

· O ambiente de adoração é o instrumento que temos para chegar à presença de Deus no 3º céu.

1º céu (espaço cósmico)

2º céu (luta entre anjos e demônios pelas nossas vidas)

3º céu (céu de Deus)

· A nossa adoração pode provocar o agir de Deus,

· O Aion (a eternidade) toca o kronus (o tempo do relógio), gera o kairós (Tempo de Deus) e algo muda.

Esqueça o som das guitarras e da bateria, os gritos histéricos e os brados alucinados de glórias e aleluias. Adoração extravagante é algo que vai muito além de sons e gestos; é o gemido inexprimível que o próprio Espírito Santo emite quando já não temos mais forças. A bíblia nos mostra exemplos de adoração genuína:

- "A MULHER NA CASA DE SIMÃO: O LEPROSO": Marcos 14: 3-9.

- “A VIÚVA POBRE E SUA OFERTA": Marcos 12: 43-44.

- "A MULHER DO FLUXO DE SANGUE": Marcos 5:31-33

- "ZAQUEU”: Lucas 19:3-10


Não quero dizer que louvores, sons e danças não sejam adoração, até por que a Bíblia nos diz no Salmo 22:3 que "Deus habita no meio dos louvores do Seu povo: Israel", mas a ADORAÇÃO EXTRAVAGANTE ela é diferenciada,  é quase sempre silenciosa aos ouvidos humanos, ela é extravagante sim, faz muito barulho no céu, onde faz o coração de Deus pulsar mais forte e os anjos se movimentarem em favor do adorador!


Um abraço no seu coração
Fique na Graça e na Paz do Senhor Jesus
Pr William Thomspon

Nenhum comentário: