terça-feira, 22 de julho de 2014

- AS PEDRAS CLAMARÃO!


Há algum tempo eu venho publicando no ADORADOR EXTRAVAGANTE alguns artigos referentes a matrimônio, sexo antes do casamento e outras postagens afins.

Fui muito criticado, e infelizmente, por muitos jovens “crentes” que defenderam as suas teses de que sexo antes do casamento “não tem nada a ver”. Hoje assisti um vídeo onde o Señor Abravanel, mais conhecido como Silvio Santos fala com sua filha sobre o assunto e fiquei tocado, pois aquilo que muitos pastores têm deixado de falar, aquilo para o que as igrejas têm fechado os olhos acaba sendo lindamente defendido pelo empresário e apresentador e, o que é mais interessante, com apoio da plateia e dos artista que compartilhavam o palco com Patrícia Abravanel, filha de Silvio Santos. Lembrei-me de passagem de Lucas 19:40 - E, respondendo Ele, disse-lhes: Digo-vos que, se estes se calarem, as próprias pedras clamarão.
O mundo quer ver a diferença e se empolga quando isso acontece. É como se a luz, o castiçal da igreja, estivesse apagada (Apocalipse 2:5 Lembra-te, pois, de onde caíste, e arrepende-te, e pratica as primeiras obras; quando não, brevemente a ti virei, e tirarei do seu lugar o teu castiçal, se não te arrependeres.) e os olhos dos crentes já se acostumaram com a escuridão, por isso não conseguem discernir (não estou generalizando) e quando a luz chega acaba sendo rejeitada, pois seus olhos estão como estavam os de Paulo, a luz verdadeira o cegou e foi preciso tempo para que voltasse a enxergar. Alguns crentes precisam passar por esse processo para entender que o pecado nos afasta de Deus. Santidade não é um momento, é uma busca constante e transformação de vida não é dentro da igreja, é fora dela.

Silvio Santos fala sobre pecado, pedir perdão, conserto e inferno; coisas que muitos pastores já esqueceram ou temem pregar nos púlpitos de suas igrejas para não afugentarem os “crentes”, pois esse duro sermão é semelhante a abertura de um fossa ou caixa de gordura: as baratas que estavam quietas e repousantes nas trevas fedorentas correm como loucas sem direção em busca de outro lugar eivado de trevas para que possam voltar à obscuridade.

Veja o vídeo e tire suas próprias conclusões!

video

Postagens anteriores sobre o assunto:


- Carta a evangélico que faz sexo com a namorada.
- Casar pra que?
- Casamento de papel passado, mas no íntimo, bem amarrotado!
- Escolha fugir!
- Eu escolhi esperar!



Um abraço no seu coração
Fique na Graça e Paz do Senhor Jesus
Pr. William Thompson


- SALMO 23 COMENTADO

O texto a seguir não é meu, mas é simplesmente lindo e não pude me conter; por isso resolvi publicá-lo no ADORADOR EXTRAVAGANTE. Espero que vocês gostem, compartilhem e e aprendam com o toque do Espírito Santo de Deus! 


 - SALMO 23 COMENTADO

Um jeito diferente de olhar para o Salmo 23

- O Senhor é o meu Pastor… Isto é relacionamento!
- Nada me faltará… Isto é suprimento!
- Caminhar me faz por verdes pastos… Isto é descanso!
- Guia-me mansamente a águas tranquilas… Isto é refrigério!
- Refrigera minha alma… Isto é cura!
- Guia-me pelas veredas da justiça… Isto é direção!
- Por amor de seu nome… Isto é propósito!
- Ainda que eu andasse pelo vale da sombra da morte… Isto é provação!
- Eu não temeria mal algum… Isto é proteção!
- Porque tu estás comigo… Isto é fidelidade!
- A tua vara e o teu cajado me consolam… Isto é esperança!
- Unges a minha cabeça com óleo… Isto é consagração!
- E o meu cálice transborda… Isto é abundância!
- Certamente que a bondade e a misericórdia me seguirão todos os dias da minha vida… Isto é benção!
- E eu habitarei na casa do Senhor… Isto é segurança!
- Por longos dias… Isto é eternidade!


Um abraço no seu coração
Fique na Graça e na Paz do Senhor Jesus
Pr. William Thompson




sexta-feira, 18 de julho de 2014

- A SUCESSÃO


É uma situação bem comum, principalmente nas igrejas batistas: a sucessão pastoral. O Pastor foi embora e é preciso que a congregação escolha um novo pastor, o que, muitas vezes, torna-se algo complicado. Vamos aos candidatos (não esqueça que esta é uma situação hipotética):

Adão: Bom homem, mas com problemas com a esposa. Também houve uma informação de que ele e a esposa se comprazem em caminhar nus pela mata.

Noé: Pastorado anterior de 120 anos, sem obter sequer um converso. Dado a projetos de edificação extravagantes.

Abraão: Embora tenha havido informações sobre prática de troca de esposas, os fatos parecem indicar que nunca dormiu com a esposa de outro homem, mas ele ofereceu compartilhar sua própria esposa com outro homem.

José: Um grande pensador, que interpretava sonhos. Tem registro de passagem pela prisão.

Moisés: Homem modesto e manso, mas um pobre comunicador, chegando às vezes a gaguejar. Houve ocasiões em que perdeu a paciência e agiu de modo rude. Há quem diga que deixou uma igreja anterior sob acusação de assassinato.

Davi: O líder mais promissor de todos, até que descobrimos um caso que teve com a esposa de um vizinho.

Salomão: Grande pregador, mas nossa casa pastoral não teria espaço para aquelas tantas esposas dele.

Elias: Dado à depressão. Entra em pânico sob pressão.

Eliseu: Há relatos de que morou com uma viúva sozinha, numa igreja anterior.

Oséias: Um pastor terno e amorável, mas nosso pessoal não terá como lidar com a ocupação da esposa.

Débora: Forte líder e parece ser ungida, mas é mulher. . .

Jeremias: Emocionalmente instável, alarmista, negativista, sempre lamentando coisas. Relata-se que fez uma longa viagem para sepultar roupas íntimas às margens de um rio.

Isaías: Reivindica ter visto anjos na igreja. Tem problemas com a linguagem.

Jonas: Recusou o chamado de Deus ao ministério até ser forçado a obedecer, sendo engolido por um grande peixe. Ele nos disse que o peixe mais tarde o vomitou numa praia perto daqui. Deixamos em suspenso.

Amós: Muito atrasado e sem polimento. Com alguma instrução no seminário poderia oferecer alguma promessa, mas se encrenca com pessoas ricas. Poderia adequar-se melhor a congregações mais humildes.

Melquisedeque: Grandes credenciais no atual local de trabalho, mas de onde procede esse sujeito? Não há informação em seu “Currículo” a respeito de ocupações anteriores. Todos os espaços a respeito de seus pais foram deixados em branco e ele se recusa a fornecer a data de nascimento.

João: Diz que é batista, mas definitivamente não se veste como alguém que o seja. Dormia por meses ao ar livre, e emprega um regime alimentar esquisito, além de provocar líderes denominacionais.

Pedro:
Muito proletário. Tem um mau temperamento, e soube-se que chegou até a xingar. Teve um “entrevero” com Paulo em Antioquia. Agressivo, mas um grande coração.

Paulo: Líder poderoso, do tipo Alto Executivo, e pregador fascinante. Contudo, tem pouco tato, é implacável com jovens ministros, muito severo e soube-se que prega a noite toda. Também tem problemas nos olhos, o que lhe afeta a visão até para escrever.

Tiago e João: Pacote vantajoso de pregador; associado que a princípio parecia bom, mas descobriu-se que tinham um problema de ego com respeito a colegas de trabalho e posições. Ameaçaram uma cidade inteira após um insulto. Também sabe-se que tentaram desanimar obreiros que não se dispunham a acompanhá-los.

Timóteo: Muito jovem!

Matusalém: Demasiadamente velho. . . BEM velho mesmo!

Jesus: Tem tido ocasiões de popularidade, mas uma vez sua igreja alcançou 5.000 e ele conseguiu ofender essa gente toda. Daí a igreja diminuiu para doze pessoas. Raramente permanece num só lugar por muito tempo. E, logicamente, há o problema de ser solteiro.

Judas Iscariotes: Suas referências são sólidas. Um grande planejador. Conservador. Tem boas ligações. Sabe como lidar com finanças. Estamos convidando-o para pregar neste sábado. Vemos possibilidades aqui.

PENSE NISSO!
Muitas vezes valorizamos demais os defeitos e fraquezas dos outros e olhamos demais para a aparência e nos esquecemos de que é DEUS que escolhe os seus Servos. Nós conhecemos por fora, mas o nosso Deus (Jesus Cristo) nos conhece no profundo. Precisamos viver verdadeiramente o Evangelho de Cristo... Viver a Palavra de Deus.


Um abraço no seu coração
Fique na Graça e na Paz do Senhor Jesus
Pr William Thompson

quinta-feira, 17 de julho de 2014

- A ESCOLHA

Há muitos anos, existiu um homem muito rico que no dia do seu aniversário convocou a criadagem à sua sala para receberem presentes.

Colocou-os à sua frente na seguinte ordem: cocheiro, jardineiro, cozinheira, arrumadeira e o pequeno mensageiro. Em seguida dirigindo-se a eles, explicou o motivo de os haver chamado até ali e, por fim, fez-lhes uma pergunta, esperando de cada um a sua própria resposta. Essa foi a pergunta feita:

- O que prefere você receber agora: esta Bíblia ou este valor em dinheiro?

- Eu gostaria de receber a Bíblia. Respondeu pela ordem o cocheiro.
- Mas, como não aprendi a ler, o dinheiro me será bem mais útil!

Recebeu então a nota, de valor elevado na época, e agradeceu ao patrão. Esse pediu-lhe que permanecesse em seu lugar.
Era a vez do jardineiro fazer a sua escolha e, escolhendo bem as palavras, falou:

- Minha mulher está adoentada e por esta razão tenho necessidade do dinheiro; em outra circunstância escolheria, sem
dúvida, a Bíblia.

Como aconteceu com o primeiro, ele também permaneceu na sala após receber o valor das mãos do patrão. Agora, pela
ordem, falaria a cozinheira, que teve tempo de elaborar bem a sua resposta:

- Eu sei ler, porém, nunca encontro tempo para sequer folhear uma revista; portanto, aceito o dinheiro para comprar um
vestido novo.

- Eu já possuo uma Bíblia e não preciso de outra; assim, prefiro o dinheiro. Informou a arrumadeira, em poucas palavras.

Finalmente, chegou a vez do menino de recados. Sabendo-o bastante necessitado, o patrão adiantou-se em dizer-lhe:

- Certamente você também ira preferir dinheiro, para comprar uma nova sandália, não é isso, meu rapaz?

- Muito obrigado pela sugestão. De fato estou precisando muito de um calçado novo, mas vou preferir a Bíblia. Minha mãe me ensinou que a Palavra de Deus é mais desejável do que o ouro... Disse o pequeno mensageiro.

Ao receber o bonito volume, o menino feliz o abriu e nisso caiu aos seus pés uma moeda de ouro. Virando outras paginas, foi deparando com outros valores em notas. Vendo isso, os outros criados perceberam o seu erro e envergonhados deixaram o recinto.

A sós com o menino, disse-lhe comovido o patrão: "Que Deus o abençoe, meu filho, e também a sua mãe, que tão bem o ensinou a valorizar a Palavra de Deus."

Pense agora: "O quê pode ser mais valioso do que a palavra de Deus?"
Tudo aquilo que nós precisamos, Deus tem e deseja que tenhamos.
A nós, basta aceitar o que Ele nos oferece!



Um abraço no seu coração
Fique na Graça e na Paz do Senhor Jesus
Pr William Thompson



Texto adaptado ao Blog ADORADOR EXTRAVAGANTE

quinta-feira, 10 de julho de 2014

- FRASCO DE MAIONESE E CAFÉ

Quando as coisas na vida parecem que vão explodir, quando vinte e quatro horas por dia já não são suficientes... Lembre-se do frasco do frasco de maionese e do café.

Um professor, durante a sua aula de filosofia sem dizer uma palavra, pega um frasco de maionese e esvazia-o... tirou a maionese e encheu-o com bolas de golfe.

A seguir perguntou aos alunos se o frasco estava cheio. Os estudantes responderam sim.

Então o professor pega uma caixa cheia de pedrinhas e as colocou no frasco de maionese. As pedrinhas encheram os espaços vazios entre as bolas de golfe.

O professor voltou a perguntar aos alunos se o frasco estava cheio, e eles voltaram a dizer que sim.

Então o professor pegou outra caixa: uma caixa cheia de areia e esvaziou-a para dentro do frasco de maionese. Claro que a areia encheu todos os espaços vazios e uma vez mais o professor voltou a perguntar se o frasco estava cheio. Nesta ocasião os estudantes responderam em unânime: "SIM!".

Em seguida o professor acrescentou 2 xícaras de café ao frasco e claro que o café preencheu todos os espaços vazios entre a areia. Os estudantes nesta ocasião começaram a rir... mas repararam que o professor estava sério e disse-lhes:

PRESTEM BASTANTE ATENÇÃO POR QUE ESTE FRASCO REPRESENTA A VIDA. As bolas de golfe são as coisas Importantes como a FAMÍLIA, a SAÚDE, os AMIGOS, tudo o que você AMA DE VERDADE. São coisas que mesmo que se perdêssemos todo o resto, nossas vidas continuariam cheias.

As pedrinhas são as outras coisas que importam, como o trabalho, a casa, o carro, etc.

A areia é todo o mais, as pequenas coisas.

Se puséssemos primeiro a areia no frasco, não haveria espaço para as pedrinhas nem para as bolas de golfe. O mesmo acontece com a vida.

Se gastássemos todo o nosso tempo e energia nas coisas pequenas, nunca teríamos lugar para as coisas realmente importantes.

Preste atenção às coisas que são cruciais para a sua felicidade.

Brinque ensinando os seus filhos, arranje tempo para ir ao medico, namore e vá com a sua/seu namorado (a)/marido/mulher jantar fora, dedique algumas horas para uma boa conversa e diversão com seus amigos.

Haverá sempre tempo para trabalhar, limpar a casa, arrumar o carro... Ocupe-se sempre das bolas de golfe primeiro, pois elas representam as coisas que realmente importam na sua vida.

Estabeleça suas prioridades, o resto é só areia...

Porém, um dos estudantes levantou a mão e perguntou o que representaria, então, o café.

O professor sorriu e disse:

...O café é só para demonstrar, que não importa o quanto a nossa vida esteja ocupada, sempre haverá espaço para tomar um café com um amigo.
Um ótimo dia para todos.

Um abraço no seu coração
Fique na Graça e na Paz do Senhor Jesus
Pr William Thompson


Texto adaptado ao blog ADORADOR EXTRAVAGANTE -