quinta-feira, 12 de junho de 2014

- CURIOSIDADES BÍBLICAS

Há um tempo atrás eu, por curiosidade, perguntei a um amigo se ele sabia qual o verso que está no centro da bíblia e qual a palavra central desse verso. Ele me olhou, pensou e respondeu: -“...em que isso vai me enriquecer; eu vou pro inferno por não saber isso? Eu não preciso saber essas coisas para ser um bom servo de Deus”!

Fiquei olhando pra ele com cara de salsicha. Mas apesar de não nos trazer mérito ou demérito espiritual, um pouco de conhecimento sempre trás alguma coisa boa, mesmo que seja só um dado cultural que não vá acrescentar nada a nossa fé!

Eu particularmente sempre gostei de conhecer essas curiosidades, não só sobre teologia, mas sobre outros assuntos, que se não acrescentam a fé, pelo menos matam a curiosidade; ao menos a minha!

Vamos lá:

- A divisão da Bíblia em capítulos e versículos: Primeiro de tudo veio a divisão por capítulos, realizadas pelo Arcebispo Estêvão Langton e pelo Cardeal Hugo de Sancto Caro. Eram duas divisões diferentes, ambas realizadas no século XIII. Prevaleceu a divisão do Arcebisbo Langton, realizada em 1205. A divisão em versículos veio só 300 anos mais tarde. O primeiro a propor tal ideia foi o italiano Santi Pagnini (1470-1541), mas o seu trabalho não foi aquele adotado por todos. A divisão em versículos que usamos hoje foi feita por Roberto Estienne e aplicada na sua edição grega do Novo Testamento, publicada em 1551 e depois na versão em francês de 1553. - É uma obra de cerca de 40 autores, das mais variadas profissões: de humildes agricultores, pescadores até renomados reis.- O Antigo Testamento foi escrito em hebraico, com exceção de algumas passagens em Esdras, Jeremias e Daniel que foram escritas em aramaico.
- O Novo Testamento foi escrito em grego.
- O Codex Vaticanus é provavelmente o mais antigo exemplar da Bíblia em forma completa.
- A primeira tradução completa da Bíblia para o inglês foi feita por Wycliffe, em 1380.
- Martinho Lutero foi o primeiro tradutor da Bíblia para a língua do povo alemão.
- Na biblioteca da Universidade de Gottingen, Alemanha, existe uma Bíblia que foi escrita em 470 folhas de palmeira.
- O Livro mais antigo da Bíblia não é o Gênesis, mas Jô. Acredita-se que foi escrito por Moisés, quando esteve no deserto.
- O primeiro Salmo encontra-se em II Samuel 1:19-27, uma elegia de Davi em memória de Saul e seu filho Jônatas.
- A Bíblia contém 1189 capítulos e 31102 versículos.
- Ester 8:9 é o maior versículo da Bíblia.
- No livro de Ester e no livro de Cantares não se encontra a palavra Deus.
- O Antigo Testamento termina com uma maldição, e o Novo Testamento termina com uma benção.
- O último livro da Bíblia a ser escrito foi III São João.
- Há 3573 promessas na Bíblia.
- O livro de Isaías assemelha-se a uma pequena Bíblia: contém 66 capítulos; os primeiros 39 falam da história passada, e os 27 restantes apresentam promessas do futuro.
- Dos quatro evangelistas, só dois andaram com Jesus; Marcos e Lucas não foram seus discípulos.
- Todos os versos do Salmo 136 terminam com o mesmo estribilho: “Porque a Sua misericórdia dura para sempre”.
- O profeta que veio depois de Malaquias foi João Batista.
- Judas foi o único dos doze apóstolos que não era Galileu.
- João era o discípulo mais jovem dos doze.
- Os versículos 8, 15, 21 e 31 do Salmo 107 são iguais.
- Matusalém, o homem mais velho da Bíblia, morreu antes de seu pai, Enoque, que ascendeu ao Céu.
- Ló era o pai de Moabe e Bem-ami, e também o avô dos dois porque “as duas filhas de Ló conceberam do próprio pai”. (Gen. 19:36-38)
- 42 mil pessoas perderam a sua vida por não saberem pronunciar a palavra Shiboleth. (Juízes 12:5, 6)
- Adão não teve sogra.
- A única idade de mulher que se menciona na Bíblia é a de Sara (Gên. 23:1).
- A primeira cirurgia foi realizada por Deus, quando tirou uma costela de Adão. (Gên. 2:21,22)
- Além de Jesus, Elias e Moisés foram os únicos homens que jejuaram 40 dias e 40 noites. (I Reis 19:8 e Deut. 9:9)
- A arca de Noé tinha três andares. (Gên. 6:16)
- O Salmo 119 é o mais longo da Bíblia, é um acróstico. Os 176 versículos acham-se divididos em 22 seções de oito versos cada uma, correspondendo a cada uma das letras do alfabeto hebraico.
- Em Gate houve um homem de grande estatura, que tinha 6 dedos em cada mão e em cada pé. (II Samuel 21:20)
- Elias teve o privilégio de comer uma refeição preparada por um anjo.
- Existem muitos dados curiosos relativos às estatísticas bíblicas. Um dos números que mais aparece na Bíblia é o 7. Entre os Hebreus este número era considerado sagrado e símbolo da perfeição.
- Noé tinha 600 anos quando terminou a arca.
- O sábio Salomão deixou mais de três mil provérbios.
- A operação matemática mais rendosa foi efetuada por Jesus quando multiplicou 5 pães e 2 peixes para alimentar a mais de cinco mil pessoas e ainda sobraram 12 cestos cheios.
- Talento era uma moeda grega que valia o equivalente a uns mil e quinhentos dólares.
- Judas vendeu a Jesus por 30 moedas de prata, equivalentes a uns 20 dólares.
- Calcula-se que o presente que Naamã ofereceu a Eliseu, do qual Geazi finalmente se apropriou, equivalia a uns 48.000 dólares.
- Tiago, filho de Zebedeu, foi o primeiro dos apóstolos a morrer por sua fé. Foi decapitado a espada por ordem do rei Herodes Agripa I, por volta do ano 44 de nossa era.
- Paulo, o grande apóstolo dos gentios, foi decapitado em Roma por ordem do tirano Nero.
- Em I Samuel 17:18, o queijo é mencionado pela primeira vez na Bíblia.
- Em juízes 14:18 encontramos um dos exemplos mais antigos de enigma.
- Dois reis dos Amorreus foram postos em fuga por vespões.
- A última cidade mencionada na Bíblia é a cidade santa. (Apoc. 22:19).
- Salmo 117 é o capítulo mais curto da Bíblia.
- Salmo 118 é o capítulo que está no centro da Bíblia. Há 594 capítulos antes e depois do Salmo 118.
- O Versículo que se encontra no centro da Bíblia está em Salmo 118:8 e a palavra que está no centro é SENHOR.

Bem, são só algumas curiosidades. Se você tiver mais alguma pode colocar nos comentários que a gente publica e se alguma destas acima estiver equivocada pode mandar a prova que a gente também vai analisar e corrigir, se for o caso!

Um abraço no Seu coração
Fique na Graça e na Paz do Senhor Jesus
Pr William Thompson

- A TEMPO DE FORA DE TEMPO


...o tempo perguntou pro tempo quanto tempo o tempo tem, o tempo respondeu pro tempo que o tempo tem tanto tempo quanto tempo o tempo tem...”
Quantos de nós já não quis voltar o tempo ou no tempo para ter oportunidade de desfazer ou refazer algo. Mas está fora do nosso alcance; somos “escravos” do tempo, temos a vida atrelada ao relógio e estaremos sempre ligados à um passado irreversível, a um presente quase sempre consequência desse passado e a um futuro pelo menos duvidoso!

II Tm. 4: 2 a 5 - "... prega a palavra, insta a tempo e fora de tempo, admoesta, repreende, exorta, com toda longanimidade e ensino. Porque virá tempo em que não suportarão a sã doutrina; mas, tendo grande desejo de ouvir coisas agradáveis, ajuntarão para si mestres segundo os seus próprios desejos, e não só desviarão os ouvidos da verdade, mas se voltarão às fábulas. Tu, porém, sê sóbrio em tudo, sofre as aflições, faze a obra de um evangelista, cumpre o teu ministério."
O tempo é uma variável que decorre de movimento, portanto, o homem não pode controlá-lo. Há basicamente três categorias de tempo: o tempo cronológico, o tempo como um momento exato de um evento, e o tempo psicológico. Como substantivo masculino é a duração relativa das coisas que cria no homem a noção de passado, presente e futuro, sendo, portanto, um período contínuo no qual os fatos se sucedem. O homem está relativizado ao tempo nesta dimensão da sua existência, e disto, não tem controle, ou como escapar. Deus, contrariamente, não está relativizado ao tempo, tendo perfeito controle sobre ele.

O apóstolo Paulo está instruindo o seu discípulo na fé, Timóteo, acerca dos princípios e práticas do ministério. É dito a Timóteo, primeiramente, que ele pregue a palavra, sendo esta a tarefa precípua de um evangelista. Há muitos pregadores que estão substituindo o anúncio do evangelho pelos manuais de autoajuda, por programação neurolinguística, por sessões de regressão hipnótica, por sessões de espiritismo, por superstições e misticismos, por ocultismo, por engodo de prosperidade, curas, sinais, e maravilhas e sincretismos. Estas coisas não servem para conduzir o homem à Cristo. No máximo, levam incrédulos para dentro das igrejas, e neste caso, elas se tornam cada vez mais agências do inferno. A cada dia as igrejas institucionais mais se assemelham a empresas, agremiações, sociedades limitadas, bancos, supermercados, e escolas de fazer desajustados. Isto porque, o indivíduo, que, ouvindo as Escrituras, e, não podendo crer que nasceu de Deus, entra em profundo conflito de consciência. Não é a toa que pesquisas indicaram que 80% dos que buscam ajuda psiquiátrica são crentes. Viver em contradição é muito perigoso!

Por todas estas razões é que o evangelista deve pregar apenas a Palavra de Deus, e não a sua palavra, a sua tese, o seu ponto de vista sobre Deus, Cristo, a vida e a eternidade. Doutrinas não salvam, mas quando oriundas da Palavra, são para os que já são salvos. Há, na verdade, uma inversão do processo pelos religiosos: doutrinam incrédulos, e evangelizam os crentes. Os pregadores estão mais preocupados em trazer conforto material aos seus ouvintes; porém, o que lhes causa desconforto é exatamente a incredulidade, a saber, o pecado. Primeiro é necessário pregar-lhes a palavra da verdade, para que creiam e tenham as escamas dos olhos retiradas e sejam convertidos. Depois deve-se instar a tempo e fora de tempo para o seu progresso espiritual.

Na sequência, o apóstolo Paulo ordena a Timóteo que "insta a tempo e fora de tempo". Instar é um verbo que possui regência múltipla, portanto, pode ser: pedir com instância, com insistência; solicitar reiteradamente; insistir. Estas significações não se referem à pregação do evangelho, mas ao ensino doutrinário aos que já creem. É necessário o amadurecimento no conhecimento de Deus após o novo nascimento. É imperioso que haja muita insistência, porque o ranço das práticas e dos hábitos pecaminosos são fortemente arraigados na natureza humana. São nestas circunstâncias que penetram na Igreja os lobos, os mercenários os falsos profetas cujas práticas confundem e desviam do caminho de Cristo a muitos. É necessário admoestar, repreender, e exortar, porém com longanimidade e ensino. A ausência destes processos não permite aos evangelizados amadurecer e ganhar a revelação da vida de Cristo. O resultado desta falha é trágico para as Igrejas, pois se tornam verdadeiras sucursais do gnosticismo, do ateísmo, do misticismo e da incredulidade.

Por estas falhas no ministério é que já estamos no tempo em que os próprios crentes não suportam a sã doutrina, e acabam por tê-la por herética, e tomam a mentira por verdade, e a verdade por mentira. Desejam ouvir apenas o que lhes agrada e, para tanto, procuram contratar pregadores que lhes sejam aceitáveis, que possuam títulos, fama, sucesso material e inteligência emocional. O resultado disto tudo é o desvio da verdade: Cristo. Voltam às fábulas, ou seja, às lendas e experiências sobrenaturais como forma de sublimar suas mentes cauterizadas pelo príncipe deste mundo, o qual lhes cega o entendimento. Neste sentido se tornam mais incrédulos do que os incrédulos que não estão em suas igrejas. Inventam doutrinas e teologias para encobrir a ausência de Cristo, tornando-se cada vez mais cínicos espiritualmente.

Então, a primeira sentença é: "prega a palavra", porque é desta atitude que se manifestam os eleitos de Deus. Uma vez tocados pela graça por meio da fé, deve-se instar em todas as ocasiões para que cresçam no conhecimento de Cristo, e manifestem a Sua vida, levando o Seu morrer diário. A cruz não é apenas um símbolo, é um caminho a ser trilhado ao longo do deserto da vida até que seja dia perfeito e o eleito de Deus seja, não só à imagem, mas também à semelhança do Filho de Deus.




Um abraço no seu coração
Fique na Graça e na Paz do Senhor Jesus
Pr William Thompson

- VOCÊ ESTÁ CHEIO DE QUE?

Efésios: 5: 17   Portanto, não sejais faltos de juízo, mas buscai compreender qual é à vontade do Senhor. E não vos embriagueis com vinh...